7.png

Stéfanie Sande
É escritora e doutoranda em escrita criativa na Pontifícia Universidade Católica do Rio Grande do Sul (PUCRS).

A NUVEM

Raymond Kurzweil diz
que a singularidade
se aproxima
que o orgânico 


vai ser cada vez menos
orgânico

o nosso declínio total
se aproxima
dizem

ou nossa transmutação
renascimento
momento em que seremos
outra coisa
outro ser
existindo em correntes 
elétricas
e software

até lá
será
que a Eneida será
pintura rupestre?
até lá
será 
que esse poema 
chegará?

ou talvez vire
nuvem
48 kbytes de informação
flutuando em uma galáxia
distante
em algum lugar
do nosso
universo