8.png

Rodrigo Maciel Meloni
É um escritor/jornalista cujo trabalho já apareceu na Veja, Globo e UOL e diversas outras publicações. Ele é o autor do livro “Pobre do homem cujos desejos dependem”, e responsável por produtos jornalísticos como Vidas Transformadas e Be Gay, NO Way. Contribui regularmente escrevendo poemas para a Revista Literária Pixé.

ALGODÃO DOCE

A verdade,
algo que criamos,
E a vida faz com ela o que bem quiser. 

A verdade,
algo que a vida cria,
E que faz o que bem entender com a gente.

Eu nasci um dia de verdade.
Cresci mentirinha.
Fiz de mim o que bem entendi.
Passei pela vida.
Passeio.
A vida é um passeio.
De verdade.
De mentiras.

De algodão doce.
Agridoce.

Amargo

Um sexo me invadiu enquanto eu dormia.
Eu não acordei.
Eu não acordo.
Estou de acordo.
Continuo a dormir.
Enquanto a vida me coloca um filho no ventre.
Acordo.
Um gosto amargo me passeia pela boca.
Eu finjo que tudo foi uma mentira.
Uma grande mentira inventada por um sonho que tive.

A vida, um grande sonho amargo.