© 2019 - Revista Literária Pixé.

  • Facebook

Raí Prado Morgado
(Caraguatatuba, 1999) é estudante de Gestão Ambiental da ESALQ/USP, em Piracicaba, e escritor responsável pelo Sob o Silêncio, projeto literário com mais de 50 mil seguidores. Expõe e vende itens artesanais do projeto em eventos culturais pelo estado de São Paulo, e tem poemas publicados pela revistas Subversa, Vício Velho, Mallarmargens e Ruído Manifesto, no Brasil, e pelo coletivo MásPoesia, na Argentina.

DA JANELA, EU SÓ VEJO PEDRA

tudo que peso é dor nas costas
e o vento batendo na porta
é alívio e óbito dos livros
porque tudo que somos é o peso
do mundo e nada nos livra
de carregar em todos os cantos
os tangos de todas as valsas
e tantas danças mistério
das narrativas em que olho e 
te espero
nas ondas de mares e rádios
para te falar do prédio no espelho
a receber luz de manhã cedo
de cada canto de céu arranhado
das manhãs revoadas sem medo