Where-are-you-from-and-where-are-you-going-HR-.jpg
Nirlei Maria Oliveira.jpg

Nirlei Maria Oliveira
É poeta e Bibliotecária com mestrado em Ciência da Informação, nasceu em Formiga MG, e reside em Campinas, SP. Trabalha no IFSP, Campus de Hortolândia. Atua com ações e projetos de estímulo à leitura. Autora do livro de poemas Palav(Ar) (2021). Organizadora das coletâneas: Quarentena Poética (2020) e Cotidiano, Poesia, Resistência (2021).

TEMPESTADE DE VENTO

Tempestade de vento que assola os vestígios do tempo mofado e sem viço. Cumpro a sina com devoção e prazer, aprecio o espalhar das peças a causar desordem no tabuleiro de xadrez cotidiano.
Contemplo em êxtase as rajadas fortes que subvertem a ordem dos livros nas estantes cinzas, o fio invisível da vida requer espalhar suposições e dúvidas no centro do mundo, afinal, não há certezas que o vento não leve!
Tomo vinho em uma taça antiga de estanho e da minha poltrona favorita observo os redemoinhos varrendo quintais - há harmonia no caos que embaralha tudo em poeira e voragens.
Nesta hora insana e de vulnerabilidade é que se expõe e coloca o coração açoitado no prato de porcelana sobre a mesa posta para o jantar - vulnerabilidade não é prato feito - é requinte! Algo emerge, um novo marco zero.
Sobre a mesa, minhas flores preferidas — copos-de-leite —  permanecem intactas! Tomo outra taça de vinho e o vento desarruma meus cabelos.