© 2019 - Revista Literária Pixé.

  • Facebook

Marli Walker

Doutora em Literatura e Práticas Sociais - UnB

NORTE

(para Santiago)

há o silêncio encolhido nos restos de paisagem
há o solo recortado 
há promessas que se foram
e há vida que não foi

há o susto
o injusto
o sujo
o feio

há o sangue no seio da espera
paraíso de leite e mel
partido ao meio

(Apesar do amor, 2016)
 

ALDEIA DE MATO GROSSO

(para Luzia)

Árvores mortas
Labirintos de madeira
Sonhos esculpidos
Com suor e fé
Paisagem com sede
De homens valentes
Imitadores do Mundo
Tão pequeno, tão perto
Vigiando a respiração
Da mata remanescente
Invasores pós-modernos
Carentes de árvores
De peles-vermelhas
De águas e pássaros
Carentes de paz...

(Pó de Serra, 2ed, 2017)