30.png

Manoel Mourivaldo Santiago-Almeida 

É professor titular da USP, especialista em crítica textual e escreve...

SINESTESIA

O que digo, escrevo, penso 
Quem ouve ou lê ou imagina
Prova o sabor 
Sente o cheiro
Vê a cor
Escuta o eco...
O eco das marcas e provas
Que o espírito deixa no corpo  
E terá o peso que lhe cabe na alma.

 

 

 

E sempre
Ver você assim (de) perto
Tudo é emoção e é racional e é vibrante 
Querer você assim bem (de) perto 
Tudo é breve e é longo e é constante 
Sentir você assim mais (de) perto 
Tudo é pouco e é maior e é o infinito 
Tocar você assim muito (de) perto 
Tudo é corpo e é alma e é o espírito 
Ter você assim muito mais bem (de) perto 
Tudo é denso e é calma e é descanso e é intenso
Tudo é você assim de perto e é entre e é o dentre
E o sempre

© 2019 - Revista Literária Pixé.

  • Facebook