6.png

Leide Alcedina de Figueiredo
Natural de Cuiabá, graduada e pós graduada na área da pedagogia, trabalhou durante 33 anos para o governo do estado de Mato Grosso, sendo que 17 anos como professora. Desde criança sempre foi muito inclinada à leitura, demonstrando vivo interesse especialmente pela poesia. Possui considerável coletânea de escritos como: poemas, contos infantis, peças teatrais, etc. Em 1995 recebeu o 1º prêmio no concurso “Zé Bolo Flô, o poeta andarilho”, com a poesia: “Menino de Rua”. É fundadora e integrante do grupo Poetas Livres, desde dezembro de 2001. A obra acima pertence ao livro “22 poemas pra quem é louco por gatos e outros bichos”, que já está impresso e será lançado no SESC Arsenal em breve, aguardem!

SÁBIOS ANIMAIS...

O que é preciso
Pro mundo ter paz?
É só ter juízo, 
Como os animais

É darmos as mãos
Unindo-nos mais
Viver como irmãos
Como os animais

Olhemos os pássaros:
Alegres, festivos, joviais
Falemos sua linguagem
Tão francos e informais

Sejamos como tais:
Finos, leves, frugais
Pacíficos e cordiais...
...sábios e não banais
Comedidos; sóbrios, racionais
Como os pássaros
Sábios animais

Rudezas?! Nunca, jamais
Sejamos leais
Conscientes, como os animais!
 

© 2019 - Revista Literária Pixé.

  • Facebook