51.png

Edson Flávio 
É cacerense, doutor em Estudos Literários pela Universidade do Estado de Mato Grosso (PPGEL/UNEMAT) e pesquisador na área de Literatura. É autor de Aldrava (2020) e escreve desde quando descobriu seu amor pela poesia.

ÊNCLISE

apresse-se 
como quem não suporta a agonia da demora

apresente-se
de peito aberto 

abrace-me
acabando com as distâncias 

beije-me
engolindo cada palavra

olhe-me
nas pupilas dilatadas

abra-me
para vida

dilate-se
em mim 


mais nada.