LAMPARITA-2018-70x12x50-cms.png
Foto - Clark Mangabeira_edited.jpg

Clark Mangabeira
Carioca cuiabano, é doutor em Antropologia Social pelo Museu Nacional/UFRJ e professor adjunto de Antropologia da Universidade Federal de Mato Grosso – UFMT. Graduado em Direito, Letras e Ciências Sociais, é escritor de ficção, tendo publicado contos e poemas em diversas revistas literárias e acadêmicas, e escreve enredos das Escolas de Samba do Rio de Janeiro. 

RECONVEXO TRIBUTO 

sou o nosso de Nossa Senhora
e a ave tuiuiú do Cerrado
a jaçanã das matas lá de cima
e o gingado na Avenida lá de baixo.
sou o ioiô do menino do Pelô
e do azul dos olhos do vendedor
de pipa, sou o cerol proibido no calor
da toada do arrombo de Caprichoso.
sou a lira da Ilha do Governador
e o cheiro do chão molhado da Festa de Xangô
no suor da romaria de fim de dia
na gira das sete saias da moça que me vigia.    
sou a ferrugem de todos esses pregos
e sim qualquer outro crucificado amor
tutano de joelho de boi gordo
cor de cobalto sem cor
como o som magro do suspiro de Baleia indo embora
depois do último beijo em Fabiano