Caio Augusto Ribeiro

É de Rondonópolis, cidade onde nasceu em 1996, mas reside em Cuiabá desde 2011. Estudante de Ciências Sociais na Universidade Federal de Mato Grosso participa ativamente do meio artístico. Ator, diretor e performer, Caio desenvolveu diversos projetos artísticos, como o de roteirista de filme e diretor de livro.

OLHO NO FURACÃO

o olho do furacão é um olho fechado
um olho fechado com força que enruga a pálpebra e deforma os cantos do rosto

 

um olho fechado
,trancado,

com tanta força que é possível enxergar o escuro e 
luzes
azuis
vermelhas 
verdes

quando eu era pequeno pensava que eram gnomos mas hoje eu sei
que o olho do furacão 
é um olho fechado na própria intensidade

é de olho fechado que se enxerga-se por dentro e por fora


é uma confusa com fusão
o olho do furacão é um olho fechado com tanta 
força 
que poucos ficarão para ver o olho aberto deste furacão

 


vale?
vale a
vista
servir
pra vir a ser 
víscera?

SEQUE A CICATRIZ

‘por um fio ou 
por um triz’
com qual medo 
se é mais feliz?

© 2019 - Revista Literária Pixé.

  • Facebook