24.jpg

Caio Augusto Leite 
Nasceu em São Paulo em 1993. Mestre em Literatura Brasileira pela Universidade de São Paulo (USP) com dissertação sobre A Paixão segundo G.H., de Clarice Lispector. Integrou o Printemps Littéraire Brésilien 2018, na França e na Bélgica, a convite da Universidade Sorbonne. Teve textos publicados nas revistas digitais escamandro, A Bacana, mallarmargens, Vício velho, Lavoura, Subversa, Literatura & Fechadura e Alagunas É autor dos livros Samba no escuro (Scortecci, 2013), A repetição dos pães (7Letras, 2017) e Terra trêmula (Caiaponte, 2020), além de colunista da revista digital Ruído Manifesto.

ODE AO CU

curto cus
cus caolhos
cus pelados
cus peludos

cus gentis
cus zangados
cus bipolares
cu que convida
cu que expulsa

cu que canta
cu que cala
cu que cobre
cu que abre

cu cuzinho apertado
cu doce 
cu covarde
cu cuzão
cu miragem

Em todos os cantos
cada qual com seu cu
cu amigo
cu de guerra

Na terra dos sem cu
cu vantagem
quem tem medo
é rei

cu que vem
cu me chama
caguei.