João Antonio Neto

Escritor

A

 

ACENTOS: Passarinhos que pousam nas palavras, para cantar as sílabas...

 

ADOLESCÊNCIA: Frenesi provisório...

 

ADVOGADO: Especialista em dificuldades...

 

AGUACEIRO: Humor da natureza...

 

AMAR

1. O próximo... e o distante...

2. Verbo que praticamos, antes de conjugar...

 

ANTROPOFAGIA

1. Excesso de preferência por gente...

2. Gosto excessivo pela Humanidade...

3. Incorporação do outro, para reforçar o Eu...

 

APOCALIPSE

1. Fato que não acontece...

2. Não haverá fim do tempo – mas dos tempos...

 

 

B

 

BATOM: Sinal denunciador...

 

BILAC: Astrônomo amador...

 

BUROCRACIA: Agente da paciência...

 

 

C

 

CERTINHO: Catador de piolhos...

 

CÍNICO: Idealista desencantado...

 

CONSUMIDOR: O primeiro a ser consumido...

 

COPIAR: Repetir as imperfeições.

 

CRÍTICA

1. Purgante contra vaidosos...

2. Moinho literário...

3. Quem faz, revela-se, tanto de si como do criticado...

4. Só é legítima quando ajuda a melhorar.

 

CRÍTICAS: Quando se poupam,     

                      escondem-se os equívocos...

 

CRÍTICO: O que vê diferente...

 

CULTO: Sujeito que é poliglota na própria língua...

 

 

D

 

DALÍ: Metafísico da forma...

 

DARWINISMO: Drama cósmico,

                              de que fomos testemunhas...

 

DEMÔNIO

1. Entidade que gosta de fazer pactos...

2. Testificador de virtudes...

 

DEPRESSÃO: Cansaço de ser si mesmo...

 

DESERTO

1. Onde espaço e tempo não se encontram...

2. Sugestão de humildade...

 

DIABO

1. O que também merece uma vela...

2. Personagem que também é bom...

 

DIPLOMA: Competência de papel...

 

DIREITO

1. Aquilo que se tem, mas precisa buscar...

2. Não existe, fora de sua comunicação.

3. Público – Só pode ser feito o que

    a lei permite expressamente.

4. Privado – Tudo que a lei não proíbe, pode ser feito.

5. Relação de igualdade imanente às relações sociais.

 

DIVÃ: Confessionário leigo...

 

DOENTE: Petisco de médico...

 

DRUMOND: Poeta que pôs uma pedra

no nosso caminho...

 

 

E

 

ELITE

1. Oligarquia da boa vida.

2. Os que se julgam melhores no que são e fazem...

 

ELOGIOS: O que dizes de mim é o que penso de ti...

 

ENSIMESMADO: Preferência discutível...

 

ESCRITOR

1. A fama contabiliza-se em vendas...

2. É preciso ser bom cozinheiro,

    para fazer livros apetitosos...

 

ESTILO: Traição e revelação...

 

EXISTIR: O que não existe, é para inventado...

 

 

F

 

FATO: Primogênito da realidade...

 

FEIÚRA: O que chama a atenção, mais que a beleza...

 

FETO: Mergulhador olímpico...

 

FÍGADO: Víscera temperamental...

 

FOLHA: Biquíni paradisíaco...

 

FUTUROLOGIA: Mergulho em lago sem fundo...

 

 

G

 

GELO: Pedra temporária...

 

GENTE: Alma da casa...

 

GRACEJO: Mel com limão...

 

GRAVIDEZ

1. Protuberância do futuro...

2. Confirmação de gênero...

 

 

H

HÁBITO: Se não faz monge, faz o disfarce...

 

HOJE

1. É sempre véspera...

2. Parte do ontem, levada para o amanhã...

 

HOMENS: Iguais, procurando encontrar diferenças...

 

 

I

 

IDEAL: Seria fazer outro mundo, com mais cuidado...

 

IDEOLOGIA: Religião secular...

 

IDOSO: Móvel de difícil manutenção...

 

IGREJAS

1. Algumas são apenas supermercados da fé...

2. Laboratórios das religiões...

3. Empreendimentos religiosos...

4. Tesoureiras do céu...

5. Repartições de garantias...

 

IMAGINAÇÃO

1. País inatingível, mas capaz de ser vivido...

2. Terra do que não existe...

 

IMORTALIDADE

1. Impossibilidade lógica...

2. Perdida por uma maçã...

 

INFINITO

1. Alucinação sem começo e fim...

2. Cessação da arrogância...

 

INIMIGO: O que me dá a medida dos meus amigos.

 

INTERPRETAR: É ainda forma de legislar.

 

INTÉRPRETE: Eco intermediário...

 

 

J

 

JOIO: Erva que, há séculos, luta para se livrar do trigo...

 

JOYCE: Todos já leram, inclusive Ulisses...

 

JÚRI

1. Dramaturgia judiciária...

2. Jogo para ver quem comete pênalti...

 

 

L

 

LASCÍVIA: Deusa de olhar estuprador...

 

LER: Descobrir-se!

 

LITERATURA

1. Efêmera eternidade...

2. Sintoma de um tempo, e vários espaços...

3. Vinculada à imanência, e não à transcendência...

 

LUA

1. Buraco do céu, por onde escorre o luar...

2. Luminária gratuita...

 

LUXO

1. Afetação de poder...

2. Satisfação pessoal, em exibição...

 

 

M

 

MAJESTADE: Pose de girafa...

 

MALANDRAGEM: Habilidade para

ultrapassar conveniências...

 

MANICÔMIO: Mortuário da mente...

 

MÁQUINA

1. A que nos há de devorar...

2. Salvação e perigo...

 

MARGINAIS: Órfãos da vida comum...

 

MAS: Limitador de consentimento...

 

MÉDICO

1. Competente criptógrafo...

2. Mecânico do corpo humano...

3. O indivíduo mais odiado pela morte...

 

MEDO

1. Código ecumênico...

2. Insegurança da incerteza...

3. Olhos arregalados, calafrio e respiração opressa...

 

MEIO: Subproduto do homem.

 

MELANCOLIA: Horas crepusculares...

 

MERITOCRACIA: Padronização na desigualdade...

 

MIOPIA

1. Vantagem de usar os olhos, mais perto das coisas...

2. Ler, cheirando o que é lido...

 

MITO: Começo coletivo explicativo.

 

MODELOS: Espelho da despersonalização chique...

 

MODERNIDADE

1. Deslumbramento técnico...

2. Mais certezas e mais questionamentos...

 

MORTOS: Os que olham o mundo, pelos nosso olhos...

 

MUDANÇA

1. Roupa nova da história...

2. Vítima da resistência...

 

 

N

 

NARCISO: Gênio de mau gosto...

 

NEOLOGISMO

1. Filho retardatário...

2. Filho temporão...

 

NEPOTISMO

1. Apoteose parental...

2. Beberam todos na mesma cuia...

3. Peste hereditária...

4. Homenagem à árvore genealógica...

 

NEUTRO

1. Dito seguro de si mesmo...

2. O que não é...

 

NOVIDADE

1. Caduco reintroduzido...

2. Coisa mais antiga do mundo...

 

NOVO

1. Muito do que já é velho, e não sabíamos...

2. O que mete medo ao anacrônico...

3. Só por enquanto...

 

NUNCA: Porta fechada da qual se perdeu a chave...

 

 

O

 

ÓCIO: Descanso cansativo...

 

ODONTÓLOGO: Profissional sujeito a dentadas...

 

OPOSIÇÃO: Até ser cooptada...

 

ORÁCULOS: Simplificadores de mistérios...

 

OURO: Magia diabólica...

 

OUTRO

1. Aquele em que também estou...

2. Na hora em que nasci...

3. É o problema...

 

 

P

 

PALAVRA

  1. Aspiração dos mudos...

  2. Dicção que repudia o celibato linguístico...

  3. Expressão da qualidade humana...

  4. Expressão do alcance da percepção do mundo...

  5. Expressão que também morre... pelo desuso...

  6. Instrumento insuficiente para dominar a intenção...

  7. Pronúncia da ideia...

  8. Pode ser uma coisa, sem deixar de ser outra...

  9. Que transmite mais do que conceitos...

10. Rosto da língua...

11. Som para ser ouvido, e não perder-se no ar...

12. Superação da ordem simbólica...

13. Vale pelo contexto ou por quem a profere...

 

PALAVRAS

1. Menos significativas do que as coisas...

2. Razão de entendimento e desentendimento...

3. Sinais que encarnam as coisas...

4. Têm corpo e alma...

 

PARTIDO POLÍTICO: Falta de ação, entre amigos...

 

PARTO: Alvorada!

 

PERFUME

1. Cheiro postiço...

2. Galanteio das flores...

 

PÉS: Libertadores das mãos...

 

PESSIMISMO

1. Ditadura dos malogrados...

2. Pecado contra a beleza...

 

PODER

1. Aonde se chega e perde a vontade de sair...

2. É doce, mas pode azedar...

3. Mel e cola...

4. Orgasmo político...

5. Que não conjuga o verbo “sair”,

    mas apenas o “ficar”...

6. Transfiguração...

7. Triunfo da apetência!

 

POETA

1. Namorado das palavras...

2. Oráculo de verdades fatais...

3. O que vê, sem abrir os olhos...

 

POLÍTICO: Entorpecedor de problemas...

 

PROÊMIO: Prefácio pedante...

 

PRONOMES: Nós, sem eles, não tem sentido...

 

PRÓXIMO: É também o distante...

 

 

Q

 

QUASE: Salvação do desenlace...

 

QUEDA: Ato de não passar do chão...

 

QUINTAL: Éden doméstico...

 

 

R

 

RADICAL: Destruidor de alternativas...

 

REAL: Moeda republicana...

 

RECONSTRUÇÃO: Volta ao passado

 para encontrar o presente...

 

REENCARNAÇÃO: Treinamento de vidas...

 

REIS: As famílias reais servem para ser exibidas...

 

RENOVAR: Doirar o antigo...

 

RENÚNCIA: Covardia da conveniência...

 

RICO: Pecador culpado de ter boa sorte...

 

ROMA: Todo mundo sabe que não foi feita num dia...

 

ROMANCE: Mentira acreditável...

 

ROMANCISTA: Fabricante de complicações...

 

RONCO: Moto do sono...

 

ROTATIVIDADE: Remédio contra a inércia...

 

RUA

1. Parte da cidade que tem olhos...

2. Via que pertence a quem nela anda...

 

RUÍNAS: Para reflexão melancólica

      e imagem pitoresca...

 

RURAL: Que deseja ser urbano...

 

 

S

 

SABER

1. Espécie de sabor...

2. Sabermos que não sabemos...

 

 

SAGRADO: Algo pelo qual também se mata...

 

SALIVA: Lubrificante da palavra...

 

SANTÍSSIMA TRINDADE: Impossibilidade lógica...

 

SAPO: Perfeição da feiúra...

 

SEMPRE: O interminável...

 

SEPULTURA: Quarto sem porta de saída...

 

SER

1. Esta aí...

2. Nossa própria consciência mais profunda...

3. O que se transforma em era...

 

SERROTE: Dentadura que corta, sem morder...

 

SÍMBOLO

1. Discurso mudo...

2. Uma coisa que é outra...

 

SÍMBOLOS: Gramática das religiões...

 

SINÔNIMO: Riqueza das alternativas...

 

SOLTEIRO

1. Indivíduo avulso...

2. Metade do gênero...

 

SONO

1. Laboratório dos sonhos...

2. Roteiro de outras vidas...

 

SORRISO: Aurora do rosto...

 

SUICIDA

1. Assassino impunível...

2. Inventor de morte...

 

SURREALISMO: Realismo onírico...

 

 

T

 

TELEFONE: Devorador das Cartas...

 

TERREMOTO: Febre telúrica delirante...

 

TERROR: Inimigo sem rosto...

 

TESTAMENTO: Presente da morte...

 

TIRANIA: Fim do tirano...

 

TRAÇA: Bibliotecário inconveniente...

 

TRADIÇÃO: Passado sempre presente...

 

TRANSCENDÊNCIA: O outro lado fugitivo...

 

TRAVESTI: Indivíduo autêntico...

 

TROVÃO: Tosse do temporal...

 

 

U

 

ULTIMATO: Conselho inimigo...

 

ÚLTIMO: O primeiro, ao contrário...

 

UTOPIA

1. Falsidade de valores harmonizados...

2. Lugar que está em toda parte...

3. Sem ela não se muda o mundo...

 

 

V

 

VACAS: Filosofam, ruminando...

 

VAGABUNDOS: Não nasceram assim,

       foram feitos assim...

 

VAIA

1. Aplauso censurado...

2. Aplauso divergente...

 

VELA

1. Armadilha para pegar vento...

2. Chama que se destrói...

 

VENTO: Respiração da natureza...

 

VERBO: Rei da frase.

 

VEREADOR: Titular das rendas do município...

 

VÉU: Que torna a figura mais desejada...

 

VIAJAR: Aprender o mundo...

 

VICE: Impaciente aspirante ao trabalho...

 

VIVER

1. Atividade de risco...

2. Avançar, mesmo tropeçando...

3. Condição que custa caro...

4. É segurar a vida, para que não caia

    nos despenhadeiros...

5. Ter o que fazer...

6. Vivemos, com licença da morte...

 

VONTADE

1. Cata-vento...

2. É como o vento, que enche as velas...

 

VOSSA EXCELÊNCIA: Cobertura de subentendidos...

 

 

X

 

XIPÓFAGOS: Irmãos muito apegados...

 

 

Z

 

ZERO

1. Algarismo que não pode viver sozinho...

2. Nada, que é também quantidade...

3. Olho dos números...

4. O que prefere se colocar no fim...

 

ZONA: Proletária do desejo...

 

ZUMBIDO: Confidência das abelhas...

© 2019 - Revista Literária Pixé.

  • Facebook