1-1.jpg
Foto_-_Andr%C3%A9_Siqueira_edited.jpg

André Siqueira
É poeta residente em Jacareí, interior de São Paulo. Colaborou nas revistas Acrobata, Subversa, Mallarmargens, Ruído Manifesto, Gueto, Aboio, entre outras. Publicou de forma independente dois livretos, e em 2020 seu primeiro livro de poesia  As Manhãs Fechadas (editora Gataria) foi lançado. Cursou a faculdade de Letras, sem concluir, e participa de eventos, oficinas entre outras loucuras literárias.

DEBAIXO DESTE VENTILADOR DE TETO

Pego o celular para anotar o ínfimo
que tanto me fala. Preciso jogar 
aqueles textos. Próxima cena:
segreda fulgores que não sei bem.
Demorô. Palpitei e triunfei danoso 
nesse continente inextinguível, mais 
pro lado sereno dos canais da
paixão. Presságio de perigo. Barganha 
serenizada nas páginas destravadas.
Caem voos do imperecível fogo.
Assisto dormente. Aquele sabor 
adstringente resvala na cadeira.