32.png

Agnaldo Batista de Lima 
É natural de Mariluz, PR. Licenciado em Letras pela Unemat – Universidade do Estado de Mato Grosso (2002). Especialista em Língua Portuguesa e Literaturas pelo ICE – Instituto Cuiabano de Educação (2004). Especialista em Gestão Escolar pela UFMT – Universidade do Estado de Mato Grosso (2010). Mestre em Letras pelo Profletras – Mestrado Profissional em Letras Unemat – Unidade Campus de Sinop, 2019. Tem artigos publicados nas áreas de Literatura, Linguística e Cidadania e Controle Social. Organizou a publicação de coletânea de poesias de alunos na obra Um convite à leitura (2011; 2012; 2014) e a coletânea Poemas na escola (2018). É professor na rede municipal de ensino de Alta Floresta, MT.

DISTANTE NORMALIDADE

Alguns...
seres de sinistra face 
e fome desatina
em desamor diziam:

E daí,

Síria
Sol nascente 
Marajá do Sena
Moçambique?

Outros,
em meio ao martírio 
desejaram branda dor 
que antes sentiam.

No fundo...
há tempos
a normalidade
partiu nos braços da utopia. 

© 2019 - Revista Literária Pixé.

  • Facebook