top of page
Daily_Bat_Arcade_DSF0802.jpg
Aclyse-Mattos.png

Aclyse Mattos
É escritor, poeta e professor da Faculdade de Comunicação e Artes da UFMT. Livros publicados: Motosblim: a incrível enfermaria de bicicletas (infantil – 2019) O sexofonista (contos - 2018), Sabiapoca – Canção do Exílio sem Sair de Casa (infantil – 2018), Festa (poesia – 2012), Quem muito olha a lua fica louco (poesia – 2000).

FAKE! FAKE! FAKE¹

D’aprés le debat de la BandMagma
 

Não seja tão apressado

Dizendo que é Fake News.

No Mundo e nestes Brazils

Tudo é tão Fake e forjado

Pois que todo fabricado

É astúcia, artifício, ardil

Que o Fake é idolatrado

Vivemos dentro do Fake

Vou te contar, veja só, viu?

 

Tem Fake Sex

Fake Gender

O Mundo do virtual

É Fake ou Real?

Quanto de Fake existe

na Kultura Mundial?

Quanto de Fake no Corpo

Peruca Botox Plástica?

Todos não vivem sem Fake

Então vamos dar um Break

Na censura travestida

De politicamente ideal

Vivendo num Mundo Fake

É Fake o trans? O traveco?

É Fake o famoso Xaveco

Que o malandro e o milongueiro

Vivem de a todos burlar?

 

Tem gente que Faka na idade

Tem Fake Black na cota

Tem Fake Tribo na terra

Tem Fake Liberal

Mamando na Estatal

Tem Fake Conservador

Querendo a Revolução

Tem Fake Revolucionário

Dizendo que Revolução

Por Revolução, temos a Tradição

E se tudo der errado

Não passa de um Fake Golpe

 

Tem Fake Inocente de Fake Condenação

Tem Fake Coronelzão abrindo seu Coração

Já tem Fake Feminista

Que no fundo é bem Machista

Milionária Vitimista

Igualdade é muito bom

Mas não me ataquem aqui não

 

Quem repudia veementemente,

Mente que nem se sente.

Se vemos por trás da mente:

A mente mente pra mente.

Quem pode viver somente

Sem Fake dentro da gente?

 

Existe o Fake Educado

Até que pisem-lhe o calo

Existe o Fake Juiz

(togado sem ser concursado)

Existe o Fake Vidente

Até que fique evidente

O Fake do Fake inda é Fake

 

Tem Fake Lei

Fake Indulto

Tem crime sem ter uma lei

Que descreva que é um crime

E não baste o “pronto, achei”

 

É tanto Fake na vida

(Quem nunca foi enganado!)

Que existe um tal de Geraldo

Que é quase o Fake Encarnado

Chuchu cheirando a Quiabo

 

Tem Fake Bolsonarist

(Como a Soraia Thronicke)

Tem Fake Comunista

(Como a Manoela Davil

com pose de Fake Miss

Na Fake Missa Matriz –

Mas nesse caso talvez

É mais comunista Fake

Como aqueles Socialistas

Milionários arrivistas

Que só Fake dizem

Que vivem assim na bonança

Porque estão num Fake Capitalismo

 

Tem o Fake Jornalismo

Fake Isento até a medula

E tem a Fake Checagem

Com selo de Qualidade

Dizendo qual Fake é Verdade

Pudera o Fake do Fake

É a mais pura Sacanagem

 

Cultua-se tanto o Fake

(Será isso Idolatria?)

Tem Fake disseminado

Há tanto tempo espalhado

Que se torna instituído

(Veja a Ideologia)

 

É Fake pra cá e pra lá

Toda uma nuvem de Fake

Tem Fake mais que Mandrake

Cegando a População

 

Tem Fake Empresário

Vendendo Fake Vacina

Tem Fake Pesquisa

De remédio e de opinião

Tem Fake voto em papel

Elegendo Joe Biden

Tem Fake que era verdade

(no caso do Hunter Biden)

 

Tem Fake War e Fake sanção

Tem até um Fake President

De uma série de TV

Que agora é um Presidente Fake

(Agora falando sério

Seria Fake a Nação?)

 

Tem Fake Padre

Fake Pastor e Fake Religião

Religião que não liga

É sua pura negação

 

O Fake é mais que o Pseudo

Pseudo sabe que finge

O Fake finge que sabe

 

De Fake em Fake vigora

A todo tempo e a hora

Como dizia o Gregório

“O velhaco maior sempre tem capa”

E assim nada vive ou escapa

Desse tapa de pelica

Viver na Polis critica

Sem uma dose de Fake

Nada prospera ou Implica

 

Então fica assim e assim fica

Se quiserem uma dica

Em formato de pergunta

Você, Leitor, é quem junta:

Fake! Fake! Fake!

Neste mundo de falsidade

É preciso explodir tudo

Para encontrar a Verdade?

 

02 de setembro de 2022

(lembrando que o Tempo é Real, mas a data pode ser Fake por ser coisa cultural)

¹ [1] Para cantar e dançar como a Disco Music “Shake Shake Shake” KC & Sunshine band

bottom of page