pixé_13.jpg

Aclyse Mattos

É escritor, poeta e professor da Faculdade de Comunicação e Artes da UFMT. Livros publicados: Motosblim: a incrível enfermaria de bicicletas (infantil – 2019) O sexofonista (contos - 2018), Sabiapoca – Canção do Exílio sem Sair de Casa (infantil – 2018), Festa (poesia – 2012), Quem muito olha a lua fica louco (poesia – 2000).

SÓIS NEGATIVOS

A infância forma quintais abandonados
em que as árvores continuam crescendo

A folhagem dos dias
cria jabuticabas
como sóis negativos
na casca do tempo

vinte e cinco anos sem por os pés
nessa terra úmida do passado

gestos parecem pântanos

desandamentos
também corrigem

o frio das manhãs
o viço das tardes
a ilegibilidade das noites
o mistério

Isso é crescer ?
Ou ir perdendo aos poucos
o mundo dentro de nós?
 

© 2019 - Revista Literária Pixé.

  • Facebook