© 2019 - Revista Literária Pixé.

  • Facebook

Aclyse Mattos

É poeta, escritor e professor na UFMT. Autor dos livros O Sexofonista (Carlini & Caniato, 2018 - contos), Festa (Carlini & Caniato, 2012 - poemas) e Quem muito olha a lua fica louco (Oficina Mínima, 2000 - poemas) entre outros.

EINSTEIN MALLARMÉ

“Deus não joga dados”.
Ele prefere a roleta.
Dados tendem a quadrados.
A esfera é quase perfeita.

Eita! Deus da Estética!
Até aparou as arestas.
O sopro da vida girando.
Roda o universo em festas.

Parece uma eterna aposta
Aberta sempre a um devir:
Cada um faz o que gosta
Até a bola cair.